World Travel Guides


Países Baixos - Getting there & away, getting around


Países Baixos - Getting there & away

Os Países Baixos têm apenas um aeroporto internacional, Schiphol, situado a cerca de 10 km a sudoeste de Amesterdão. Embora seja um das principais plataformas giratórias da Europa em termos de transportes, em geral as viagens de avião são mais baratas para Londres ou Bruxelas que para Amesterdão, pelo que muitos visitantes optam por fazer o resto do percurso de comboio ou de autocarro. Não são cobradas taxas de aeroporto à partida de Amesterdão. Autocarros da Eurolines ligam Amesterdão à maior parte das cidades europeias e ao Norte de África. Os autocarros da Eurolines e da Citysprint viajam também para a Grã-Bretanha, atravessando o canal da Mancha, em geral através da França (certifique-se de que possui um visto, se necessário). A Centraal Station de Amesterdão opera ligações ferroviárias regulares e eficientes para todos os países limítrofes, mas, a não ser que possua um passe Eurail ou equivalente, sair-lhe-á mais barato viajar de autocarro.

É fácil viajar de automóvel ou de mota para os Países Baixos através das óptimas auto-estradas da Europa Ocidental. Se partir de carro do Reino Unido, será bastante mais barato pôr o carro no ferry do que utilizar o comboio que atravessa o túnel sob a Mancha, embora este lhe permita poupar algumas horas do percurso à partida de Londres. A grande maioria dos turistas prefere ir por terra, atravessando a Bélgica e a França, apanhar o barco para Inglaterra, mas os ferries operam também entre Hoek van Holland e Harwich, no Reino Unido, entre Europoort (perto de Roterdão) e Hull, no Reino Unidos, entre Ijmuiden (perto de Amesterdão) e Newcastle, no Reino Unido, e entre Ijmuiden e Kristiansand, na Noruega.


Getting around Países Baixos

O melhor meio de transporte para se deslocar de um lado para o outro é a bicicleta. Muitos locais dos Países Baixos são ligados por percursos exclusivamente reservados aos ciclistas, maravilhosamente planos. Poderá alugar uma bicicleta nas estações de caminhos-de-ferro e em agências de aluguer nas grandes cidades. Caso se sinta tentado a comprar uma bicicleta barata na rua, pode ter a certeza de que é roubada e que o dinheiro que pagar por ela será, com toda a probabilidade, utilizado para financiar a toxicodependência de quem a vendeu. Independentemente do valor da bicicleta, nunca deixe de a prender com segurança a um objecto imóvel. A maior parte dos habitantes usa duas fechaduras, em geral mais valiosas que a própria bicicleta.

As redes de comboio e de autocarro são fiáveis, confortáveis e bastante dispendiosas, mas pode transportar a sua bicicleta no comboio. Andar de carro nos Países Baixos, fora das auto-estradas, não é muito divertido: as estradas são estreitas, os lugares para estacionamento são difíceis de encontrar e, normalmente, muito caros. Conduzir um veículo de matrícula estrangeira é um convite ao arrombamento, sobretudo em Amesterdão: nunca deixe objectos de valor dentro do carro. E se perguntar o caminho a um holandês, leve em consideração que eles sabem como ir, mas só de bicicleta. Depois de se ver confrontado repetidas vezes com um sinal de sentido proibido, acabará por desenvolver um sentido de humor saudável perante esta idiossincrasia cultural.


Hosting by: Linux Hosting
Travel Guides | Guides Site Map | Indian restaurant | Daily deals
© WorldGuides 2019. All Rights Reserved!