World Travel Guides


Itália - Off the beaten track



				The sky's the limit - ancient Rome looks ahead

Sicília

A Sicília é uma ilha de contrastes, que vão desde a fragmentada grandiosidade da sua capital, Palermo, às ruínas gregas de Siracusa, ao volátil vulcão Etna e às ilhas Eólias. Dela fazem parte a turística Lipari, a Panarea do jet-set, a escarpada Vulcano e a espectacular e explosiva Stromboli. A sua localização estratégica e o facto de ser a maior ilha do Mediterrâneo atraíram vagas de invasores e colonizadores, cujos vestígios incluem templos gregos, ruínas romanas, igrejas e castelos normandos e cúpulas árabes e bizantinas. Os sicilianos continuam fortemente ligados à sua terra, apesar do calor do Verão que, por vezes, chega a ser abrasador. Felizmente, as praias são espectaculares.

Entre os restantes pontos de interesse, incluem-se a magnífica catedral de Monreale, construída no século XII , e a turística mas imperdível Taormina, com os seus teatros gregos, os jardins públicos panorâmicos, o palazzo, a catedral e as praias.

Sardenha

Esta ilha foi colonizada e invadida por Gregos, Fenícios, Romanos, Pisanos, Genoveses e Espanhóis. Apesar de toda a devastação causada pelas invasões, os seus habitantes (sardos) conseguiram manter a sua identidade e singularidade, conservando as suas estranhas características insulares. A Sardenha apresenta uma paisagem escarpada e uma vida selvagem distinta (que vai desde os burros albinos aos grifos).

Cagliari, a capital, é surpreendentemente cativante, com os seus vestígios medievais e as suas belas praias. Entre as restantes atracções incluem-se a magnífica zona da Costa Verde, relativamente inalterada, as praias e grutas à volta do enclave turístico de Alghero, os trilhos para caminhadas e as manifestações da cultura tradicional da província de Nuoro.

Paestum

Imediatamente a sul de Salerno, Paestum abriga as relíquias mais bem conservadas das colónias da Magna Graecia. É um local enigmático, com os seus três templos de estilo dórico dominando uma planície verdejante e cheia de flores. Paestum abriga ainda os templos de Ceres e Neptuno, um fórum, uma basílica e as muralhas da cidade. O museu alberga uma colecção de frisos, que constitui uma das melhores colecções mundiais de arquitectura antiga. Continuando numa atmosfera clássica, os 12 km interiores representam uma das poucas áreas naturais protegidas do Sul de Itália, conhecida como os Bosques de Diana.

San Gimignano

Apesar de apenas 14 das antigas 72 torres permanecerem de pé, San Gimignano é ainda conhecida por esses monumentos. Estas torres são o testemunho de um período da história italiana em que os vizinhos eram particularmente conflituosos e as casas eram, na realidade, residências fortificadas, com vantagens para quem possuísse a torre mais alta. Palazzi guarnecidos de ameias e torres altaneiras rodeiam as maiores praças da cidade, sendo a Torre Grossa a mais alta, com 54 m. A catedral românica, a fortaleza em ruínas, os frescos da igreja e o fabuloso museu que alberga as obras de arte das escolas de Siena e Florença fazem também parte dos encantos especiais da cidade.

Ilhas Tremiti

A 40 km ao largo da península de Gargano, na Apúlia, surgem as três principais ilhas do grupo Tremiti: San Domino, San Nicola e Capraia. As ilhas permanecem relativamente intactas e subdesenvolvidas, constituindo um excelente refúgio das ralações do continente. Em San Nicola, na Igreja de Santa Maria, construída no século XI por monges beneditinos, poderá admirar uma Virgem Negra, um pavimento de mosaicos do século XI e um crucifixo bizantino. San Domino exibe orgulhosamente as suas praias arenosas, que escondem enseadas, piscinas rochosas e grutas.



Hosting by: Linux Hosting
Travel Guides | Guides Site Map | Indian restaurant | Daily deals
© WorldGuides 2017. All Rights Reserved!