World Travel Guides


Tibete



				Monge em oração no Mosteiro de Ganden

O Tibete, cercado pela fortaleza natural dos Himalaias, exerce desde há muito um fascínio especial sobre a imaginação dos ocidentais. Também conhecido como Shangri-La, "a terra das neves eternas" ou "o tecto do mundo", é um dos últimos recantos do planeta que continuam envoltos numa aura de mistério. Em pleno maciço dos Himalaias, entre a China e o subcontinente indiano, a importância estratégica da região tornou-se irresistível para os chineses, que a invadiram em 1950. Ainda que rodeados de um ambiente agreste e vivendo em casas precárias, os habitantes da "terra das neves eternas" consideram a asfixia cultural imposta pelos invasores como o maior infortúnio que já tiveram de suportar.

Em 1984, pela primeira vez desde o quase total isolamento que se seguiu à anexação pela República Popular da China, o Tibete abriu as suas fronteiras ao turismo. No entanto, em 1987, na sequência de um levantamento popular em Lassa, os chineses voltaram a encerrar as fronteiras desta região autónoma, só permitindo a entrada a grupos organizados por agências de viagens. Em 1992 as fronteiras foram reabertas, sendo hoje de novo possível viajar pelo Tibete, ainda que mediante o cumprimento de algumas formalidades ridículas. A actual política chinesa para o turismo individual no Tibete parece basear-se na extorsão de tanto dinheiro quanto possível aos estrangeiros, embora esta atitude ainda não tenha sido suficiente para afastá-los de vez.



Introduction
Facts for the traveller
Attractions
History
Getting Around

Hosting by: Linux Hosting
Travel Guides | Guides Site Map | Indian restaurant | Daily deals
© WorldGuides 2017. All Rights Reserved!